Argumentos de linha de comando

Blender 3.0 Utilização: blender [argumentos …] [arquivo] [argumentos …]

Opções de renderização

-b, --background

Executa em plano de fundo (algumas vezes, utilizado para renderização sem interface de usuário).

-a, --render-anim

Renderiza os quadros do início ao final (de maneira inclusiva).

-S, --scene <nome>

Define a cena ativa pelo <nome> para renderização.

-f, --render-frame <frame>

Render frame <frame> and save it.

  • +<frame> quadro relativo inicial, -<frame> quadro relativo final.

  • Uma lista de frames separada por vírgulas também pode ser utilizada (sem espaços).

  • Um espaço de frames pode ser expresso usando o separador .. entre o primeiro e o último frame (de maneira inclusiva).

-s, --frame-start <frame>

Define o quadro inicial para <quadro>, suporta o uso de +/- adicionalmente para quadros relativos.

-e, --frame-end <frame>

Define o quadro final para <frame>, suporta o uso de +/- adicionalmente para quadros relativos.

-j, --frame-jump <frames>

Define o número de quadros a ser intercalados em salto após cada um dos quadros renderizados.

-o, --render-output <caminho>

Define o caminho de renderização e o nome de arquivo. Use // no início do caminho para renderizações relativas ao arquivo Blender.

Os caracteres # são substituídos pelos números dos quadros, e usados para a definição de anexações de zeros.

  • animation_##_test.png se torna animation_01_test.png

  • test-######.png se torna test-000001.png

Quando o nome de arquivo não contiver #, O sufixo #### é adicionado ao nome de arquivo.

O número do frame será adicionado ao final do nome de arquivo, por exemplo:

blender -b animation.blend -o //render_ -F PNG -x 1 -a

//render_ se torna //render_####, escrevendo os quadros como //render_0001.png

-E, --engine <engine>

Specify the render engine. Use -E help to list available engines.

-t, --threads <tarefas>

Usa quantidade de <tarefas> especificadas para renderização e outras operações. [1-64]. Use 0 (zero) para detectar o número de processadores do sistema automaticamente.

Opções de formato

-F, --render-format <formato>

Define o formato de renderização. As opções válidas são: TGA RAWTGA JPEG IRIS IRIZ AVIRAW AVIJPEG PNG BMP

Formatos que podem ser compilados no Blender, não disponíveis em todos os sistemas: «HDR» «TIFF» «OPEN_EXR» «OPEN_EXR_MULTILAYER» «MPEG» «CINEON» «DPX» «DDS» «JP2

-x, --use-extension <valor booleano (0 ou 1)>

Define a opção de adicionar as extensões de arquivos no final dos mesmos.

Opções para reprodução das animações

-a <opções> <arquivo(s)>

Instead of showing Blender’s user interface, this runs Blender as an animation player, to view movies and image sequences rendered in Blender (ignored if -b is set).

Playback Arguments:

-p <sx> <sy>

Abre com a lateral inferior esquerda em <sx>, <sy>.

-m

Lê a partir do disco (Não utiliza buffer).

-f <fps> <fps-base>

Especifica uma quantidade de quadros por segundo (qps) com a qual iniciar.

-j <frame>

Define o passo de quadros para <quadro>.

-s <frame>

Reproduz a partir do <quadro>.

-e <frame>

Reproduz até o <frame>.

Opções para a janela do aplicativo

-w, --window-border

Força a abertura com bordas na janela do aplicativo.

-W, --window-fullscreen

Abertura forçada em modo tela cheia.

-p, --window-geometry <sx> <sy> <w> <h>

Abre com a lateral inferior esquerda em <sx>, <sy> e com a largura e altura como definido em <w>, <h>.

-M, --window-maximized

Abertura de forçada maximizado.

-con, --start-console

Comece com a janela do console aberta (ignored if -b is set), (somente Windows).

--no-native-pixels

Não utiliza o tamanho de pixeis nativos, para monitores de alta resolução (Usado nos modelos MacBook com tela Retina).

--no-window-focus

Open behind other windows and without taking focus.

Opções para a linguagem Python

-y, --enable-autoexec

Habilita a execução automática de scripts Python (padrão).

-Y, --disable-autoexec

Desabilita a execução automática de scripts Python (tanto os controladores python («pydrivers») quanto os scripts de inicialização).

-P, --python <nome de arquivo>

Executa o arquivo de script Python fornecido.

--python-text <nome>

Executa o bloco de texto de script Python fornecido.

--python-expr <expressão>

Executa a expressão fornecida como um script Python.

--python-console

Executa o Blender com um console de linha de comando interativo.

--python-exit-code <code>

Defina o código de saída em [0..255] para sair se uma exceção Python for levantada (somente para scripts executados a partir da linha de comando), zero desabilita.

--python-use-system-env

Allow Python to use system environment variables such as PYTHONPATH and the user site-packages directory.

--addons <addon(s)>

Recebe uma lista de complementos do Blender separados por vírgula para a execução (sem espaços).

Opções de Logging

--log <match>

Enable logging categories, taking a single comma separated argument. Multiple categories can be matched using a .* suffix, so --log "wm.*" logs every kind of window-manager message. Use «^» prefix to ignore, so --log "*,^wm.operator.*" logs all except for wm.operators.* Use «*» to log everything.

--log-level <level>

Defina o nível de verbosidade de registro (maior para mais detalhes) como padrão 1, use -1 para registrar todos os níveis.

--log-show-basename

Mostrar apenas o nome do arquivo na saída (não o caminho principal).

--log-show-backtrace

Mostrar um back trace para cada mensagem de log (apenas para depuração).

--log-show-timestamp

Show a timestamp for each log message in seconds since start.

--log-file <filename>

Set a file to output the log to.

Opções de depuração

-d, --debug

Habilita a depuração.

  • Habilita a detecção de erros de memória

  • Inabilita a opção de agarrar com o mouse (para interação com um depurador em alguns casos)

  • Mantém a «sys.stdin» do Python ao invés de defini-la como None

--debug-value <value>

Permite definir o valor de depuração especificado em <valor> durante a inicialização.

--debug-events

Habilita as mensagens de depuração para o sistema de eventos.

--debug-ffmpeg

Habilita as mensagens de depuração a partir da biblioteca «FFmpeg».

--debug-handlers

Habilita as mensagens de depuração para a manipulação de eventos.

--debug-libmv

Habilita as mensagens de depuração a partir da biblioteca «libmv».

--debug-cycles

Habilita as mensagens de depuração do renderizador Cycles.

--debug-memory

Habilita a alocação de memória plenamente protegida e sua depuração.

--debug-jobs

Habilita o perfilamento de tempo para as tarefas em plano de fundo.

--debug-python

Habilita as mensagens de depuração para a linguagem Python.

--debug-depsgraph

Habilita as mensagens de depuração a partir do gráfico de dependências.

--debug-depsgraph-eval

Habilitar mensagens de debug do gráfico de dependência relacionadas à avaliação.

--debug-depsgraph-build

Habilita as mensagens de depuração a partir do gráfico de dependências.

--debug-depsgraph-tag

Habilita as mensagens de depuração a partir do gráfico de dependências.

--debug-depsgraph-no-threads

Alterna o gráfico de dependências para uma avaliação de única tarefa (mono-processada).

--debug-depsgraph-time

Habilitar mensagens de debug do gráfico de dependência relacionado ao tempo.

--debug-depsgraph-pretty

Habilitar cores para mensagens de depuração de gráficos de dependência.

--debug-depsgraph-uuid

Habilita as mensagens de depuração a partir do gráfico de dependências.

--debug-ghost

Habilita as mensagens de depuração para a manipulação de eventos.

--debug-gpu

Enable GPU debug context and information for OpenGL 4.3+.

--debug-gpu-force-workarounds

Enable workarounds for typical GPU issues and disable all GPU extensions.

--debug-wm

Habilita mensagens de debug para o gerenciador de janelas, mostra todos os operadores em busca, mostra erros de mapa de teclas.

--debug-xr

Enable debug messages for virtual reality contexts. Enables the OpenXR API validation layer, (OpenXR) debug messages and general information prints.

--debug-xr-time

Habilitar mensagens de debug para tempos de renderização de frames de realidade virtual.

--debug-all

Habilita todas as mensagens de depuração.

--debug-io

Enable debug messages for I/O (Collada, …).

--debug-fpe

Enable floating-point exceptions.

--debug-exit-on-error

Immediately exit when internal errors are detected.

--disable-crash-handler

Desabilita o manipulador para quebras («crash handler»).

--disable-abort-handler

Desabilita o manipulador para encerramento de operações.

--verbose <verbose>

Set the logging verbosity level for debug messages that support it.

Opções diversas

--app-template <template>

Set the application template (matching the directory name), use default for none.

--factory-startup

Skip reading the startup.blend in the users home directory.

--enable-event-simulate

Enable event simulation testing feature bpy.types.Window.event_simulate.

--env-system-datafiles

Define a variável de ambiente BLENDER_SYSTEM_PYTHON.

--env-system-scripts

Define a variável de ambiente BLENDER_SYSTEM_PYTHON.

--env-system-python

Define a variável de ambiente BLENDER_SYSTEM_PYTHON.

-noaudio

Força o sistema de áudio para nenhum (NULL).

-setaudio

Força o sistema de som para um dispositivo específico. Opções são: NULL , SDL , OPENAL e JACK.

-h, --help

Imprime este texto de ajuda e encerra.

/?

Print this help text and exit (Windows only).

-R

Registra a associação para a extensão de arquivos Blender (.blend), e então encerra. (Somente MS-Windows).

-r

Registra silenciosamente a associação para a extensão de arquivos Blender (.blend), e então encerra. (Somente MS-Windows).

-v, --version

Imprime a versão do Blender e encerra.

--

Encerra o processamento das opções, e os argumentos seguintes são passados inalterados. O acesso pode ser feito via Python através da lista sys.argv.

Outras opções

--debug-freestyle

Habilita as mensagens de depuração para o renderizador Freestyle.

Passagem de argumentos

Argumentos devem ser separados por espaços em branco, por exemplo:

blender -ba test.blend

…will exit since -ba is an unknown argument.

Ordem dos argumentos

Os argumentos são executados na ordem em que são fornecidos, por exemplo:

blender --background test.blend --render-frame 1 --render-output '/tmp'

…não irá renderizar para a pasta /tmp pois a opção --render-frame 1 renderiza antes do caminho de saída ser definido.

blender --background --render-output /tmp test.blend --render-frame 1

…não irá renderizar para a pasta /tmp pois o carregamento do arquivo Blender irá sobrescrever a saída de renderização que foi previamente definida.

blender --background test.blend --render-output /tmp --render-frame 1

…funciona como esperado.

Variáveis de ambiente

BLENDER_USER_CONFIG

Diretório para arquivos de configuração do usuário.

BLENDER_USER_SCRIPTS

Diretório para scripts de usuário.

BLENDER_SYSTEM_SCRIPTS

Diretório para a maioria dos scripts do sistema.

BLENDER_USER_DATAFILES

Diretório para arquivos de dados do usuário (ícones, traduções, etc…)

BLENDER_SYSTEM_DATAFILES

Diretório para a maioria dos arquivos de dados do sistema.

BLENDER_SYSTEM_PYTHON

Diretório para as bibliotecas Python de sistema.

TEMP

Guarda os arquivos temporários aqui.

TMP

ou $TMPDIR Guarda os arquivos temporário aqui.